Jump to content
×
×
  • Create New...
Olá, se você gosta do nosso trabalho, deixe um comentário e dê uma reação é muito importante o autor agradece!
  • noticiaslogo.png
    Notícias de Última Hora 📰🗞️

  1. Cisco Webex traz traduções em tempo real para reuniões mais inclusivas

    By M0rceg0, 03/11/2021


    Cisco Webex traz traduções em tempo real para reuniões mais inclusivas

     
    Os utilizadores da solução Webex da Cisco vão ter acesso a pré-visualizar traduções em tempo real do Inglês para mais de 100 idiomas, criadas por um sistema de Inteligência Artificial
    ACisco anuncia que vão estar disponíveis em pré-visualização já a partir deste mês traduções em tempo real do que estiver a ser dito em reuniões em Inglês para mais de cem idiomas. A empresa pretende ajudar a eliminar barreiras de linguagem e fomentar uma força de trabalho verdadeiramente global e híbrida. O Webex vê aumentar a biblioteca de idiomas de dez para mais de 100, desde Arménio a Zulu.
    “Os utilizadores podem criar a sua experiência de reunião Webex personalizada através da auto-seleção, rápida e fácil, do idioma que pretenderem entre as linguagens mais comummente utilizadas, como Alemão, Árabe, Coreano, Espanhol, Francês, Português, Holandês, Japonês, Mandarim e Russo, bem como línguas mais localizadas como Dinamarquês, Hindu, Malaico, Turco e Vietnamita”, lê-se no comunicado de imprensa.
    Um estudo recente da Metrigy citado no comunicado concluiu que 24% dos inquiridos participam em reuniões que incluem oradores cuja língua nativa não é o Inglês e que, entre estes, mais de metade tem estado a usar serviços de terceiros para traduzir reuniões para outros idiomas, incorrendo em custos médios de 172 dólares por reunião.
    Jeetu Patel, responsável na Cisco por Security e Applications, afirma que “as tecnologias de Inteligência Artificial desempenham um papel crítico para proporcionar uma colaboração harmoniosa, bem como o trabalho híbrido e experiências inteligentes de clientes que a Cisco se orgulha em oferecer”.
    A funcionalidade de traduções em tempo real vai estar disponível em pré-visualização ainda este mês e chega de uma forma definitiva a todos em maio.
     
    • 108 Views



  2. Apple vai descontinuar iMac Pro

    By M0rceg0, 03/11/2021


    Apple vai descontinuar iMac Pro

     
     
    Empresa confirma que já não vai produzir mais unidades do iMac Pro e que as vendas só estarão ativas no seu site enquanto existirem stocks
    OiMac Pro surgiu no mercado em 2017 descrito pela Apple como “de longe, o iMac mais poderoso que já fizemos”, destinado aos entusiastas e utilizadores profissionais. Desde então, o modelo não teve atualizações significativas e agora chegou mesmo a altura de a Apple lhe colocar um ponto final. A empresa confirmou no sábado que já não vai produzir mais unidades e que as vendas vão estar disponíveis no site apenas enquanto houver stock.
    A CNet revela que a Apple recomenda aos utilizadores que procuram poder de processamento para se virarem agora para o Mac Pro. Além disso, a marca tem também disponível o iMac de 27 polegadas que lançou em agosto e que pode ser configurado de acordo com as necessidades dos compradores.
    Sabe-se que a Apple se prepara também para renovar a linha de iMacs para secretária em breve.
     
     
    • 81 Views



  3. Já são conhecidas as regras do Incentivo para compra de Veículos Elétricos em 2021

    By M0rceg0, 03/11/2021


    Já são conhecidas as regras do Incentivo para compra de Veículos Elétricos em 2021

     
     
    Há quatro milhões de euros para serem distribuídos por todos os interessados em passar a usar veículos de baixas emissões. Nas regras para 2021, destaque para a ausência de apoios para empresas comprarem elétricos ligeiros de passageiros
    AUVE – Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos publicou no seu site as regras, aprovadas no Despacho nº 2535/2021, sobre a atribuição do Incentivo pela Introdução no Consumo de Veículos de Baixas Emissões para 2021.
    Na categoria de Veículos Ligeiros de Passageiros, as Pessoas Singulares podem candidatar-se a receber três mil euros, mas apenas no caso de o custo final do carro, incluindo IVA e despesas, não passar os 62500 euros. As Pessoas Coletivas deixam de poder candidatar-se nesta categoria, mas veem o incentivo triplicar para os seis mil euros para a aquisição de Ligeiros elétricos de Mercadorias. Os indivíduos também se podem candidatar a esta categoria. Os apoios contemplam veículos adquiridos em nome do candidato ou o cenário de contratos de locação financeira celebrados após 1 de janeiro e que durem no mínimo 24 meses.
    No que diz respeito a bicicletas, o aumento do valor máximo para Bicicletas de Carga 100% Elétricas (de 350€ para 1000€ até 50% do PVP) e das Bicicletas de Carga Convencionais (para 500€, também até 50% do PVP) são as duas notas de destaque. Esta categoria foi introduzida em 2020 e tem vindo a ganhar relevo, especialmente num ano marcado pelo aumento de solicitações de entregas ao domicílio, desde comida em take-away, passando pelas compras de supermercado, medicamentos ou outros bens.
    Os apoios para compras de Bicicletas 100% Elétricas, Ciclomotores e Motociclos Elétricos e Bicicletas Convencionais mantêm-se com os mesmos valores de 2020.
    Veja aqui a informação completa e o regulamento e formulário para se candidatar aos apoios.
     

    No total, há quatro milhões de euros disponíveis para ajudar todos os que queiram transitar completamente ou apenas passar a usar com maior frequência meios de transporte mais limpos.
    • 421 Views



  4. Covid-19: quem esteve infetado pode não precisar da segunda dose da vacina

    By M0rceg0, 03/11/2021


    Covid-19: quem esteve infetado pode não precisar da segunda dose da vacina

     
     
     
    Investigação do Mount Sinai conclui que a segunda dose das vacinas contra a Covid-19 pode não ser necessária para indivíduos que já tenham estado infetados com o SARS-CoV-2
    Otrabalho ainda não foi revisto pelos pares, mas a relevância e a urgência nestes resultados levou a que fossem já divulgados numa carta ao editor da publicação médica New England Journal of Medicine. Viviana Simon, autora da investigação conduzida pelo Mount Sinai, revela que “mostramos que a resposta de anticorpo da primeira dose da vacina em pessoas que já têm imunidade pré-existente é igual ou até maior do que a resposta em pessoas que não foram infetadas após a segunda dose (…) Por esta razão, acreditamos que uma dose única da vacina é suficiente para as pessoas que já tenham sido infetados pelo SARS-CoV-2 obterem imunidade”. As conclusões do estudo podem ajudar todo o mundo, numa altura em que a produção de vacinas não está a conseguir acompanhar a procura existente. Os indivíduos que já tiveram a doença anteriormente, ao deixar de receber a segunda dose, são também poupados aos efeitos secundários que surgem após esta toma e que se descobriu serem mais frequentes em quem tem imunidade pré-existente.
    No estudo conduzido no Mount Sinai analisou-se 109 indivíduos com e sem imunidade prévia e descobriu-se que quem já a tinha desenvolveu 10 a 20 vezes mais anticorpos em apenas alguns dias depois da primeira toma e até dez vezes mais depois da segunda toma. Assim, “estas descobertas sugerem que uma única dose da vacina desencadeia uma resposta do sistema imunitário muito mais rápida em indivíduos que já tenham testado positivo à Covid-19 no passado”.
    No que toca a efeitos secundários após a toma, a equipa conclui que estes são mais frequentes e em maior escala nos indivíduos que já tinham imunidade pré-existente: em quem não tem, aparecem dores, inchaços e vermelhidão no local da injeção; quem já tinha este tipo de imunidade, no entanto, tem estes sintomas com maior frequência e outras consequências como fadiga, dor de cabeça, arrepios, febre e dor muscular, noticia o EurekaAlert.
    O Mount Sinai é o maior sistema de investigação médica de Nova Iorque, com oito hospitais, uma escola e uma rede de clínicas de práticas de ambulatório na região.
     
     
     
     
     
    • 75 Views



  5. Eventos online pagos no Facebook a caminho de Portugal

    By M0rceg0, 03/11/2021


    Eventos online pagos no Facebook a caminho de Portugal

     
     
    O Facebook quer que os criadores de conteúdos ganhem mais dinheiro a partir da sua plataforma. É por isso que está a actualizar alguns produtos e a estender outros a novos mercados, como é o caso da ferramenta de eventos online pagos que, no decorrer das próximas, passará a estar disponível também em Portugal.
    Estes eventos podem ser de âmbito desportivo mas também aulas de culinária, gravações de podcasts ao vivo, tours virtuais, tutoriais de maquilhagem, entre outros. A ideia é que os criadores possam partilhar actividades especiais com os seus seguidores e cobrar pela participação.
    Desde que esta ferramenta foi lançada noutros países, já permitiu a atletas, humoristas e cantores, por exemplo, angariar fundos numa altura em que a pandemia os impede de exercer a respectiva actividade profissional nos moldes habituais.
    Outra novidade no mercado nacional é o recurso de subscrições de fãs. Neste caso, a ideia é que os utilizadores do Facebook subscrevam as páginas dos seus criadores preferidos, tendo acesso em primeira mão a novos conteúdos em troca de determinado valor.
    “Para eventos online pagos e subscrições de fãs, o Facebook continuará a não recolher nenhuma participação na receita de nenhum desses produtos até pelo menos Agosto de 2021”, adianta ainda a rede social em comunicado.
     
     
     
     
    • 68 Views



  6. Mimosa celebra o Dia do Pai com homenagem a quem cuida

    By M0rceg0, 03/11/2021


    Mimosa celebra o Dia do Pai com homenagem a quem cuida

     
     
    O que é cuidar? Este é o ponto de partida para a campanha desenvolvida pela Mimosa para assinalar o próximo Dia do Pai, celebrado a 19 de Março. Com criatividade da FCB Lisboa e produção da Bro Cinema, mostra como é importante cuidar dos vários membros da família, nomeadamente os mais novos.
    “Sempre presente nos momentos especiais, a marca reforça, neste Dia do Pai, a mensagem de que cuidar das famílias portuguesas faz parte da sua essência, apostando na promoção do bem-estar e na qualidade nutricional da alimentação de todos, em todas as etapas da vida”, indica a Mimosa em comunicado.
    A campanha multimeios terá divulgação em televisão, plataformas digitais e formatos de exterior. No centro estão os pais, enquanto cuidador que se empenha de forma incondicional para garantir o bem-estar da família.
     
     
     
     
     
    • 72 Views



  7. EDP desvenda os 10 projectos de cultura popular que vai apoiar com 213 mil euros

    By M0rceg0, 03/11/2021


    EDP desvenda os 10 projectos de cultura popular que vai apoiar com 213 mil euros

     
     
     
    A EDP já escolheu os projectos que irá apoiar financeiramente através da quarta edição do programa de apoio à cultura popular portuguesa “Tradições”. Depois de analisar 68 candidaturas, a energética reuniu 10 propostas que contribuem para preservar e promover tradições ancestrais, evitando que desapareçam.
    A EDP também teve em conta critérios como o impacto na criação de emprego, dinamização da economia local e na sustentabilidade das regiões.
    É o caso da Festa dos Tabuleiros de Tomar (na foto em cima), mas também da Escolinha de Seda, em Freixo de Espada à Cinta, o único local da Península Ibérica onde a seda ainda é trabalhada à mão. Junta-se ainda o Papachurra, que promove a produção de cobertores feitos com lã de uma raça de ovelhas em risco de extinção, e os Roteiros de Saberes e Sabores, que pretendem identificar e promover património e costumes na região de Lares.
    A lista de 10 projectos inclui ainda a associação Voltar aos Bailes Mandados, “Os Barrocos da Olaria”, a requalificação do linho artesanal, a criação da Casa da Memória em Sines, as Festas do Império do Divino Espírito Santo de Alenquer e, ainda, workshops que promovam as memórias e tradições do Estrela Geopark Mundial da Unesco.
    No total, a EDP irá atribuir 213 mil euros a estes projectos de cultura popular, para que possam desenvolver as acções de valorização e promoção com as quais se candidataram. Nas últimas três edições, promovidas de dois em dois anos, o “Tradições” já apoiou 36 projectos com cerca de 530 mil euros.
     
     
     
     
    • 71 Views



  8. Gazela lança vinho… em lata

    By M0rceg0, 03/11/2021


    Gazela lança vinho… em lata

     
     
    Vinho em lata, que pode ser facilmente transportado para qualquer lado, é a nova proposta de Gazela. A marca de vinho da Sogrape anuncia hoje o lançamento do novo formato mas alerta que será preciso esperar para colocar a novidade à prova: o lançamento, tanto em Portugal como a nível internacional, está previsto para Maio.
    Segundo Gazela, trata-se de um formato mais jovem e prático para os consumidores, disponível em lata slim de 250ml – que se junta às opções em garrafa de 75cl e Gazela On (tap). A ideia é reforçar o posicionamento da marca enquanto vinho descomplicado e ideal para todos os modelos de consumo.
    «Sabemos que o consumidor de Gazela pode saborear o vinho em ocasiões tão distintas como à mesa, a acompanhar uma refeição tradicional, ou num momento de convívio entre amigos, fora de casa», sublinha João Gomes da Silva, administrador da Sogrape.
    Ao longo dos últimos anos, conta o responsável, a marca tem percebido que existem vários mercados onde o formato de lata permite facilitar o consumo descontraído junto de várias gerações, tendo até crescido a três dígitos nos últimos dois anos.
    «Este é um formato completamente alinhado com o ADN de Gazela. O vinho que ‘Sabe bem com a vida’ é por definição fácil de beber, leve e refrescante, pelo que este formato, em linha com o recente lançamento de Gazela On, vem reforçar a presença da marca nos momentos de consumo dos seus fãs e consumidores», acrescenta João Gomes da Silva.
    Gazela Lata vai ser disponibilizado em Portugal, nos EUA e na Noruega a partir de Maio. Em cima da mesa está ainda a possibilidade de lançar a novidade noutros mercados num futuro próximo.
     
     
     
    • 66 Views



  9. Auchan quer 100% das embalagens de marca própria reutilizáveis ou recicláveis até 2022

    By M0rceg0, 03/11/2021


    Auchan quer 100% das embalagens de marca própria reutilizáveis ou recicláveis até 2022

     
    A Auchan Retail Portugal traçou novas metas ambientais para 2022. Já no próximo ano, a dona dos supermercados Auchan quer que todas as embalagens de marca própria sejam reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis. Além disso, a empresa quer eliminar, “na medida do possível”, as embalagens de plástico nas secções de produtos frescos, frutas e legumes e consumíveis na zona de restauração e cafetaria.
    “Para a empresa, a solução não passa por acabar com os plásticos na totalidade, mas sim com o comportamento generalizado de ‘extrair – fabricar – descartar’”, explica ainda a Auchan em comunicado, sublinhando que os novos objectivos surgem em linha com a assinatura do Pacto Europeu para os Plásticos, no ano passado.
    Neste momento, a Auchan já não vende talheres de plástico de utilização única e não disponibiliza talheres de plástico para as refeições de take-away. Além disso, aposta nos produtores alimentares e não alimentares a granel e na implementação de alternativas para as em embalagens de frutas e vegetais. Nas áreas da cosmética e têxteis, investe no desenvolvimento de gamas ecológicas.
    De acordo com Paulo Monteiro, director de Responsabilidade Corporativa da Auchan Retail Portugal, «o conjunto de medidas implementadas em Portugal, desde final de 2018, permitiu eliminar em 2020 aproximadamente 222 toneladas de plástico e substituir 343 toneladas de plástico virgem por incorporação de plástico reciclado».
     
     
    • 98 Views



  10. Quer ter o chef Chakall em casa?

    By M0rceg0, 11/14/2020


    Quer ter o chef Chakall em casa?

    Em tempo de pandemia, os restaurantes estão a abraçar novas opções de negócio, como o take-away e a entrega de refeições em casa. E esta é uma tendência transversal a todo o tipo de conceitos gastronómicos, incluindo aqueles assinadas por chefs: há quem opte por fechar parcerias com aplicações de home delivery – como o chef José Avillez – e quem lance o seu próprio serviço.
    É o caso de Chakall que apresenta agora o serviço Chakall em Casa, através do qual é posível encomendar de três restaurantes diferentes em apenas um pedido. Disponível todos os dias, não tem taxa de entrega nas zonas do Areeiro, Beato, Marvila, Moscavide, Olaias, Olivais, Parque das Nações, Penha de França, Sacavém e Xabregas.
    O serviço arranca hoje com uma selecção de receitas, que vão desde empanadas e piano de porco (El Bulo Social Club) a pizzas e bruschettas (Refeitório Senhor Abel) ou hambúrgueres (Chackburger), entre outros. Os pedidos devem ser feitos das 12h às 22h30 de segunda a quinta-feira; ou das 12h às 23h30 de sexta a domingo.
    Em comunicado, Chakall explica que o objectivo é estar ainda mais próximo dos clientes, que assim não precisam de se deslocar ao bairro de Marvila para provar as propostas dos seus três restaurantes nesta zona.
     
    • 136 Views